sexta-feira, outubro 24, 2014

Decoração: Sobre o quarto do Antônio (alguns detalhes)

Sempre que um projeto de quarto de bebê é entregue aos meus clientes a cena se repete: eu abro a porta, chamo os papais e, ao entrar, eles são tomados por uma emoção imensa.  Em seguida vêm as lágrimas, o papai e a mamãe se olham e sorriem com cumplicidade, se abraçam, aí lembram que eu estou ali e, no meio de risos frouxos, me abraçam também e me agradecem por tudo. Eu, por muitas vezes, mergulhada em tanta emoção, claro, choro também, pois para mim sempre é muito difícil ver alguém chorar e não me emocionar.
Quando chegou a hora de criar o cantinho do nosso solzinho, me caiu a ficha: tinha chegado a hora de vivenciar aquele sentimento também.
O quarto do Antônio foi feito com dois “ingredientes”: calma e amor.
Calma, pois assim tem sido toda a minha gestação. Percebi que isso faz bem para mim e para ele, também. E assim tem sido o meu dia a dia desde que descobrimos que seríamos pais.
Amor, pois é isso que permeia o meu mundo, a minha vida, o meu coração e a minha alma desde que ouvi seu coração bater forte e ritmado pela primeira vez dentro de mim.
Bom, tirando a introdução poética do texto e pensando na parte mais técnica do projeto, eu e o Fa decidimos algumas coisas:      

1) O quarto tinha que ser feito para crescer com ele, ou seja, não queríamos um quarto de bebezinho, sabe? Com cômoda-trocador, com armário infantil, com papel ou faixa de parede com motivo de bebê, etc.

2) Que o quarto dele fosse uma extensão do nosso refúgio colorido (que agora é dele também).  Sendo assim, tudo, de certo modo, tinha que estar integrado, como hoje já é todo o nosso lar.

3) Não teria um tema específico no quarto dele. Tudo seria permitido desde que fosse alegre, divertido, colorido... Como é nossa vida. =)
Foi uma delícia ficar semanas e mais semanas dedicando cada tempinho livre que tínhamos para deixar tudo como queríamos. E, como formiguinhas, fomos fazendo, comprando, supervisionando... Todo dia uma coisa a menos. E, mesmo com Fa viajando a trabalho durante a etapa mais crítica do projeto, eu fui tocando as coisas com bravura por aqui.
Fomos garimpando muita coisa por aí, outras tantas o Antônio herdou, pois eram minhas ou do Fa, e claro, muitas outras eu fiz sozinha nos meus finais de semana: bordei, costurei, pintei...
Percebi, durante o processo todo, que o cantinho do Antônio era algo meu e do Fa, um projeto só nosso, como é o Antônio para nós e, por isso, nós dois compartilhamos e fizemos tudo sozinhos. =)

Quando eu terminei de arrumar o cantinho dele, eu chamei o Fa e, juntos, nos olhamos, choramos, sorrimos com cumplicidade e nos abraçamos forte, agradecidos por tudo que estamos vivendo. 

Eu me lembrei, sim, dos meus clientes, pois eu senti, finalmente, aquele sentimento, sabe? E tudo fez sentido para mim.
Bom, para você que foi guerreira (o) e aguentou o texto mais doce e açucarado que já fiz desde que criei o blog, deixo algumas fotos.  Acho que elas vão rechear melhor toda essa história que está apenas começando...


































Beijos,
Mari.

13 comentários :

  1. Ficou perfeito, não precisa ser azul ou rosa o quarto de uma criança,amei as cores,a harmonia.BJOSSSSS

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Obrigada, Patrícia pelo carinho.
      Beijos

      Excluir
  3. Marilza, ficou encantador o espaço do Antonio. Assim, como o seu texto, repleto de amor em cada palavra.
    Desejo que ele chegue, cheio de saúde, para vocês.
    Um beijo
    Fernanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fe.
      Obrigada pelo carinho e pelas palavras. O texto só reflete o que tem andando em quantidades absurdas em meu coração.
      Um beijo grande.

      Excluir
  4. Bom dia! Sou de Belém e gostaria de saber quem fornece os seus materiais em compensado ou mdf cru, estou a tempos atras de molduras e não acho! Se vc pudesse me ajudar ficaria grata! Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi. Procure em lojas de marceneiro, como a Leo Madeira. Lá vende tanto o MDF quanto o compensado crus. Boa sorte. Beijo.

      Excluir
  5. Que lindo! Amei cada detalhe...
    Ficou bem lúdico e dá para ver que foi todo feito com muito carinho. Parabéns!
    Beijos
    Marina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Marina. Um super beijo.

      Excluir
  6. Magnífico ! Muito gracioso mesmo e cheio de estímulos para inspirar o bb . Bjs .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A idéia foi essa Gislene, e ele já adora o quarto. Beijos.

      Excluir
  7. Oi Meri! Eu também não escolhi um tema para o quartinho para a minha filha. Outra coisa que não queria era um quarto rosa, e olha fui muito criticado por isso. Queria algo colorido, e foi que ele ficou, todo coloridinho. Tenho maior orgulho do quartinho que eu e meu namorido fizemos pra ela. Ainda olho pra ele com o mesmo carinho, com a mesma ternura de quando ele foi criando. Beijos, querida!

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar a minha casa mais colorida! =)